A influência do nome correcto de Assa na força da família de “abelhas” de uma colmeia e nas propriedades da sua produção

Октябрь 19, 2013

abelhas assaÉ do conhecimento de todos que tudo o que está no nosso Universo está a vibrar e irradiar. Falamos do mundo materialista e não materialista (visível e invisível), sobre as plantas e os animais que habitam o nosso planeta – Mata IATARA. O objecto do presente estudo são “as abelhas”, uma das mais antigas espécies que habita a nossa terra. Actualmente ninguém nos explicará a origem deste nome, o seu significado, a sua ligação com esta incrível e frágil criatura – IAASSATARAAJIAUHALAM, cujo nome abreviado e no plural é Assas. Mas o mais importante de tudo isto, é de que tipo são as vibrações que a palavra “abelha” causa na própria Assa.

Resumidamente, serão vibrações negativas. Com um estudo mais detalhado fica claro, que os primeiros sons e, respectivamente, as letras “a, b, e”, nem sequer existem no seu próprio nome. Para além disso elas estão a deformar a estrutura de força (fina) da Assa, de modo que bloqueia a sua percepção nos fluxos das forças superiores – nos Universais e “de sol”. Com o seu nome actual “as abelhas” têm apenas 6 centros de força abertos e activamente funcionais, enquanto que ASSAS tem 12 centros, o que é determinante na sua crescente força e actividade (compare a potência do automóvel, quando o motor “vibra“). Isto é porque as Assas são Únicas criaturas no IATAR, que convertem as vibrações e também criam um campo de expansão. Mais exactamente, os fluxos de saída (do próprio planeta e da mãe) e os fluxos da entrada na nossa Mata IATARA. Então é assim, “graças” ao seu nome actual dos quatro principais fluxos de força da Assa, é assimilado apenas um, o Mata IATARA. Todos os outros não são convertidos, porque as suas próprias vibrações não correspondem às características ondulares dos fluxos de força da entrada e da saída.

Como consequência disso, o produto principal que as Assas produzem é o “mel” – AVAESTAJAUHAMA (ou Ava) que têm outra estrutura de cristal – a cúbica, os níveis mais baixos de frequência e de actividade. A própria palavra “mel” contribui para a compressão deste maravilhoso produto e diminui assim as suas propriedades medicinais. As propriedade únicas do Ava é a sua alta actividade, o que é determinado com uma estrutura cristalina totalmente diferente, que têm uma forma de tetraedro (mais de cinquenta arestas), e também maiores características frequencias. Por outras palavras, do mesmo modo como as vacas mastigam entre quinze e vinte tipos de erva, produzindo por isso leite com diferentes propriedades, assim também as Assas convertem os fluxos de força e transformam-nos em néctar, obtendo o Ava com umas ou outras propriedades.

As experiências decorridas em algumas regiões do Krai de Altai – foram tratadas mais de uma dezena de apiários – num total de cerca de mil famílias, e foram obtidos resultados surpreendentes. Com a alteração do nome inicial – “a abelha” para o nome correcto IAASSATARAAJIAUHALAMA aconteceu quase simultaneamente a alteração das suas vibrações. Isto sublinha a alta sensibilidade desta espécie para a uma série de áudio. Numa série de casos acontecia quase uma explosão de actividade das Assas. Via-se que elas estavam simplesmente alegres pela sua liberdade. Isso aconteceu num apiário na região de Zelesovski e também no Cáucaso. Quer dizer, de facto aconteceu a substituição do programa do desenvolvimento e das funções vitais das Assas – compressão por um novo começo – expansão. Para a referência: o termo Compressão significa extinção e velhice, Expansão significa juventude e desenvolvimento.

O novo nível ondular de vibrações foi simplesmente determinado. Dois copos com líquido foram postos em duas “colmeias”. Um numa colmeia já tratada e o outro numa por tratar. Passado alguns minutos o seu conteúdo teve um sabor diferente. Isto significa que a sua estrutura alterou-se em resultado das diferentes vibrações das Asses. Quais são os problemas que foram resolvidos com o uso correcto do nome de Assa?

Em primeiro lugar, fica restaurada a sua estrutura de força primária, o que contribui para a assimilação e conversão dos principais fluxos de força (Universal e da Mata IATARA). Isto é em primeiro lugar. Como consequência nasce um produto da nova geração, o AVA, com parâmetros de qualidade e medicinais bem maiores. Os estudos decorridos na cidade de Novosibirsk e no Altai apenas confirmaram isso. Os resultados dos estudos do AVA na câmara GRB provam a conveniência da sua actividade. Assim, o seu campo de radiação de luz é maior do que do mel normal em 5-6 vezes (ver fotos).

A influência do AVA também foi significante para o funcionamento do cérebro. Com o seu consumo, o paciente potenciava o alinhamento da actividade cerebral, i.e. de facto ficaria ligado o mecanismo de autoregulamento do organismo. O mel não tem estas propriedades por causa do seu baixo nível de actividade e por ter outra estrutura molecular. Para além disso, com o uso do AVA acontece a normalização da pressão sanguínea e o melhoramento do funcionamento do sistema vascular.

Após o consumo do AVA aceleram os processos de expansão no organismo, reforça-se a imunidade e começa o rejuvenescimento dos órgãos internos. É porque o Ava no seu nome contém parcialmente a fórmula da própria célula do nosso organismo. Para além disso, inclui em si as partículas elementares, as ENTAZAMES, que regeneram o nosso campo exterior de força.

Concluindo. Aumenta o campo de força da própria família, ficando mais de alta-frequência, o que ajuda a rejeitar as outras criaturas, do tipo ácaros, para fora dos seus limites. Usando ao mesmo tempo a série ondular com a sua antifrequência, cria-se o campo protector exterior da família. Em quarto lugar, irá nascer a nova descendência, com os correctos parâmetros ondulares iniciais. Também, o uso por família de Assas o Ava como a alimentação para a hibernação vai-lhe permitir ultrapassar este período difícil mais facilmente. Em quinto lugar, todos os produtos, produzidos com as famílias de Assas irão ter outros níveis de qualidade mais alta. E em último. Assas – são as únicas criaturas em Mata IATARA que formam o campo da expansão.

E assim ainda não fica completa a lista de consequências da utilização correcta do nome de uma das mais antigas espécies que habitam o nosso “planeta” Mata IATARA – IAASSATARAAJIAUHALAMA.

A curta descrição do AVA

O AVA é um produto tradicional da indústria apíária (mel), obtido nos apiários com os parâmetros alterados das “abelhas” (o nome correcto ASSATARAAJIAUHALAMA). O AVA é um produto da nova geração, pode-se dizer, que é modificado, é um mel especial.

Em resultado do tratamento das “abelhas” elas ficam capazes de detectar as vibrações subtis, que penetram o nosso planeta e, convertendo-as, transformam-nas em néctar. Como resultado é obtido o AVA. Com o seu nome actual eles não são capazes de detectar estas vibrações subtis, e o produto obtido é o mel doce que está privado das propriedades que têm o AVA.

As principais características do AVA são: a sua actividade extremamente alta. Ele é literalmente saturado por milhões de partículas que cooperam no alinhamento do nosso campo exterior de força e da estrutura de qualquer substância. Fica alterado o paladar, as propriedades do sabor, os detergentes diminuem a sua força nociva para a pele. Para além disso, acelera o processo de crescimento do cabelo e fica reforçado o processo de rejuvenescimento do organismo, iniciam-se os processos da renovação de células. A estrutura do AVA tem a forma esférica, com mais de 50 arestas, o que determina a sua alta actividade. A frequência do AVA é de 5 níveis acima da frequência do mel. A adicção de um pouco de AVA em qualquer produto alimentar altera a sua estrutura, sabor e as propriedades úteis de forma positiva.

A utilização do AVA juntamente com o ritual tradicional do chá é benéfico em várias indústrias produtoras de bens de consumo e da indústria farmacêutica.

Quais são os exemplos da utilização prática do AVA? Uma cervejaria no Ural tomou a decisão de acrescentar o AVA no processo da produção da cerveja. Uma empresa de produção dos detergentes na cidade de Barnaul tomou uma decisão parecida na produção dos seus produtos. O comum é: em todos os lugares, onde o AVA é acrescentado, acontece uma rápida alteração da estrutura para o lado positivo – alteração do sabor, paladar, e a redução do impacto negativo para a saúde.

A tabela comporativa dos indicadores do AVA e do mel

abelhas assa

O sistema da avaliação tem escala de 1 a 5.

abelhas assa

Источник: aaaris.ru

Обсуждение закрыто.